--> ?> Optei pelo saque-aniversário e fui demitido, recebo a multa?
Home » Optei pelo saque-aniversário e fui demitido: saiba o que fazer

Optei pelo saque-aniversário e fui demitido: saiba o que fazer

optei pelo saque aniversario

Optei pelo saque-aniversário e fui demitido, o que fazer? Quantas pessoas já se fizeram essa pergunta? Afinal, essa não é uma situação muito difícil de se encontrar. Na verdade, quem escolheu pela modalidade do saque-aniversário do FGTS não pode sacar todo o saldo em caso de demissão sem justa causa. Para quem tem uma quantia grande na conta, na hora da demissão pode fazer a diferença. Mas existe solução! 

De fato, o saque-aniversário facilitou muito a vida do trabalhador com contas ativas e inativas no FGTS e que precisa de um dinheiro extra para pagar dívidas ou adquirir um bem. Mas mesmo com a possibilidade de resgatar parte desse recurso sem precisar ser demitido, há algumas desvantagens em relação ao saque-rescisão.

Outra dúvida comum é: quem optou pelo saque-aniversário pode sacar a multa rescisória? Vamos te explicar o que você deve fazer nessa situação. Você vai ver que tem jeito. Acompanhe!

Leia mais: Quando será liberado o saque aniversário FGTS?

Como funciona o saque-aniversário do FGTS?

O saque-aniversário do FGTS está em vigor desde 2020. Esta modalidade permite que o trabalhador faça a retirada de parte do saldo de contas ativas e inativas do FGTS todos os anos e, como o próprio nome sugere, a partir de solicitação realizada no mês do seu aniversário. Com isso, você não precisa ser demitido para retirar o dinheiro.

Anualmente é liberado um valor para o trabalhador, dependendo do saldo das contas. Assim, o recurso poderá ser retirado até o último dia do terceiro mês após o mês do seu aniversário. Dessa forma, todos os trabalhadores de carteira assinada podem optar por esta modalidade. Basta ir até uma agência da Caixa Econômica Federal, solicitar pelo site ou pelo aplicativo do FGTS.

Importante: se você optar pelo saque-aniversário só poderá retornar ao saque-rescisão 25 meses após o pedido de cancelamento. O saque-rescisão é aquela modalidade que permite sacar todo o dinheiro da conta do FGTS caso demitido sem justa causa.

Leia também: Tabela do saque-aniversário: entenda como funciona

Optei pelo saque-aniversário e fui demitido, o que eu faço?

Em resumo, quem optou pelo saque-aniversário não consegue retirar todo o valor que está na conta do FGTS. Afinal, quando o trabalhador escolhe esta modalidade, ele automaticamente perde o direito de receber o saldo da conta do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) por completo em caso de demissão sem justa causa.

É preciso salientar que, mesmo depois de retornar à modalidade de saque-rescisão, você não vai conseguir obter o valor retido em sua conta. Afinal, você não foi demitido naquele determinado momento. Portanto, você só vai conseguir reaver o valor total das contas do FGTS em caso de aposentadoria, doença grave, para comprar a casa própria, entre outras regras de saque.

Se a sua dúvida é “optei pelo saque-aniversário e fui demitido, posso sacar a multa rescisória?”, funciona da seguinte maneira: em caso de demissão, você pode sacar somente a multa rescisória do FGTS, de 40% do saldo da conta.

Então, se você optou pelo saque-aniversário e foi demitido, a melhor opção para resgatar todo o dinheiro é antecipação do saque-aniversário.

Antecipe o saque-aniversário de forma rápida e segura

Você aderiu ao saque-aniversário e foi demitido. Que tal, então, antecipar as parcelas que você teria a receber nos próximos cinco anos? Essa é uma forma inteligente de você ter todo o seu dinheiro do FGTS na mão!

Na plataforma Na Sua Conta você pode fazer a simulação e contratação da antecipação, que na verdade é uma modalidade de empréstimo. No entanto, a diferença é que você recebe o dinheiro na hora e não paga parcelas mensais. Isso porque a instituição financeira será paga quando o FGTS liberar o dinheiro a cada ano, no seu mês de aniversário.

Simples, rápido, fácil e totalmente seguro! Faça a sua antecipação aqui!

Como consultar o saldo do FGTS?

Saber qual é o seu saldo do FGTS vai te ajudar a confirmar se o empregador está fazendo os depósitos mensais corretamente, se você estiver empregado. Além disso, é possível verificar quanto tem de dinheiro nas contas ativas e inativas, assim como fazer a adesão ao saque-aniversário. 

Confira as três maneiras de consultar o saldo do FGTS: 

Aplicativo ou site do FGTS

Acessar o aplicativo do FGTS é a forma mais fácil de conferir o saldo e fazer outras operações. O app está disponível para Android ou iOS. Assim que você baixar o aplicativo do FGTS, faça seu cadastro e siga o passo a passo na tela do seu celular. O último passo será cadastrar uma senha de acesso. Depois disso, você já pode usar o aplicativo para consultar o seu saldo do FGTS.  

Como medida de segurança, para concluir o cadastro, você receberá um e-mail na sua caixa de entrada. Clique no link, finalize a operação de cadastro. Além do app, você pode acessar as informações diretamente no site do FGTS.

Site da Caixa Econômica Federal 

Para verificar o saldo no site da Caixa, você precisa do seu Número de Identificação Social (NIS) que está na sua carteira de trabalho. Também é possível acessar o site usando o seu CPF.  

Com os dados em mãos, siga o passo a passo: 

  1. Acesse o site da Caixa; 
  2. Insira seu NIS ou CPF; 
  3. Clique na opção “cadastrar senha”; 
  4. Leia o regulamento com atenção e aceite as condições; 
  5. Crie a sua senha e clique no botão “aceito”; 
  6. Preencha os campos com seus dados pessoais; 
  7. Crie uma senha e use-a para acessar o site; 
  8. Procure pela opção “saldo do FGTS” e veja o valor na tela do seu computador. 

Optei pelo saque-aniversário e fui demitido, perco o seguro desemprego?

É importante lembrar que o seguro-desemprego é um direito do trabalhador, independente do tipo de demissão. O benefício é para assegurar a vida financeira até que ele seja realocado no mercado de trabalho. 

Ainda que o trabalhador tenha optado pelo saque-aniversário, ele não perde o seguro-desemprego, desde que tenha direito a recebê-lo. 

Optei pelo saque-aniversário e fui demitido: consulte a antecipação!

Como falamos anteriormente, a antecipação do saque-aniversário é uma excelente opção para aquelas pessoas que optaram por essa modalidade e acabaram sendo demitidas. Se você quiser fazer a antecipação do saque-aniversário aqui no Na Sua Conta, a gente fica responsável pela sua conta do FGTS até que todas as parcelas do empréstimo sejam pagas. É simples e fácil.

Para fazer esse empréstimo, é necessário passar por uma análise, como em toda operação de pedido de crédito. Faça agora uma simulação!

Leia também: Empréstimo FGTS: como e onde antecipar seu saque aniversário

Quer entender mais sobre FGTS, saque-aniversário e outras modalidades de empréstimo? Acompanhe o blog do NSC!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.