--> ?> Primeira parcela do décimo terceiro: saiba quando será paga
Home » Primeira parcela do décimo terceiro: saiba quando será paga

Primeira parcela do décimo terceiro: saiba quando será paga

primeira parcela do décimo terceiro

Quando será paga a primeira parcela do décimo terceiro salário dos brasileiros? Essa é uma pergunta que muita gente procura saber a resposta. Isso porque o décimo terceiro salário é um dinheiro que sempre vem em boa hora, seja para pagar dívidas, comprar algum bem ou ter um alívio financeiro. Saiba que há uma diferença nas datas do recebimento entre beneficiários do INSS, por exemplo, como aposentados e pensionistas, e trabalhadores da iniciativa privada em regime de CLT.

O fato é que, assim como um empréstimo consignado, o dinheiro a ser recebido com o décimo terceiro pode ajudar – e muito. Se você não pode esperar pelo décimo terceiro, pois precisa de grana, que tal fazer uma antecipação do saque-aniversário do FGTS? Veja na plataforma Na Sua Conta.

Bom, neste texto vamos explicar todos os detalhes sobre o cronograma da primeira parcela do décimo terceiro. Assim, você vai descobrir se tem direito ao benefício e quando ele será pago. 

Boa leitura!

Fique por dentro: Aposentadoria por invalidez: o que é e quem pode solicitar?

Primeira parcela do décimo terceiro para beneficiários do INSS

Para começar, você precisa saber que o calendário de pagamento do 13º salário é diferente para os empregados em regime CLT da iniciativa privada e dos pensionistas e aposentados do INSS. Isso porque com a crise econômica causada pela pandemia de Covid-19 e a necessidade de aquecer o mercado brasileiro, o Governo Federal decidiu antecipar o pagamento da 1ª parcela do 13º dos pensionistas e aposentados do INSS. 

Então, os pagamentos da primeira parcela são feitos entre 25 de abril de 2022 e 6 de maio deste ano. Enquanto que o pagamento da segunda parcela entre 25 de maio e 7 de junho. 

Os trabalhadores da iniciativa privada não recebem o valor nestas datas. Neste caso, o pagamento das parcelas é feito entre novembro e dezembro do ano presente. 

Calendário de pagamento da primeira parcela do décimo terceiro

É pensionista ou beneficiário do INSS e quer saber a data exata de quando você vai receber o dinheiro? Saiba que a data de pagamento é influenciada pelo valor do seu benefício e o número do seu NIS. 

Veja o calendário para quem recebe até um salário mínimo: 

Final do NIS1ª parcela2ª parcela
125 de abril25 de maio
226 de abril26 de maio
327 de abril27 de maio
428 de abril30 de maio
529 de abril31 de maio
62 de maio1º de junho
73 de maio2 de junho
84 de maio3 de junho
95 de maio6 de junho
06 de maio7 de junho

Veja o calendário para quem recebe mais de um salário mínimo: 

Final do NIS1ª parcela2ª parcela
1 e 62 de maio1º de junho
2 e 73 de maio2 de junho
3 e 84 de maio3 de junho
4 e 95 de maio6 de junho
5 e 06 de maio7 de junho

Leia também: Simulador de empréstimo consignado: o que é e como funciona?

O que é e para que serve o 13º salário? 

O 13º salário foi criado nos anos 1960 com o objetivo de ajudar o trabalhador brasileiro com os gastos de final de ano. A bonificação foi adotada como uma gratificação de Natal e até hoje a lei está vigente. 

Todos os anos, os trabalhadores brasileiros recebem esse salário a mais. Porém não são os únicos que têm direito ao benefício, já que trabalhadores aposentados pelo INSS e pensionistas também têm direito. 

Como é calculado o valor do 13º salário? 

Todo trabalhador brasileiro em regime CLT, aposentado e pensionista do INSS tem direito ao décimo terceiro salário. Mas não necessariamente recebe o mesmo valor. O cálculo de quanto será pago é feito com base no valor do salário que a pessoa recebe.

Imagine que você trabalha com carteira assinada e seu salário mensal é de R$ 3 mil. Se no ano de 2022 você tiver trabalhado todos os meses na mesma empresa, o valor do seu 13º será o de um salário cheio. Mas a conta muda se você não tiver trabalhado os 12 meses. 

Veja o cálculo: 

  • salário/12 x número de meses trabalhados 

Considerando o salário de R$ 3 mil, se você tiver trabalhado por 10 meses, o valor a ser pago no 13º será de R$ 2.500. Ou seja, o pagamento é proporcional a quantidade de meses trabalhada.

No caso dos pensionistas e aposentados do INSS o cálculo é feito da mesma maneira, mas no lugar do número de meses trabalhados, leva-se em consideração o número de meses em que a pessoa recebeu o benefício pago pelo INSS. 

Portanto nestes casos a fórmula é a seguinte: 

  • valor mensal do benefício/12 x número de meses em que recebeu o benefício 

Precisa de um dinheiro extra? É fácil de conseguir! 

Na hora de realizar os nossos sonhos ou colocar as contas em dia, podemos precisar de ajuda. E se a sua parcela do 13º vai demorar para vir, são esses momentos que um empréstimo pode ser a solução que você procura. Mas lembre-se, na hora de contratar, verifique quais são as taxas de juros e condições de pagamento. 

Se você quer dinheiro rápido e com juros mais baixos, pode aproveitar dois tipos de empréstimos: consignado ou antecipação do saque-aniversário. Os dois são aprovados rapidamente e com pouca burocracia na plataforma Na Sua Conta.

A diferença entre as duas linhas de crédito está no jeito de pagar: no empréstimo consignado você paga todos os meses uma parcela que é descontada na sua folha de pagamento. E na antecipação do saque-aniversário você só paga quando recebe o saldo do FGTS. 

Leia também: O que é e como funciona o empréstimo consignado. Saiba aqui!

Ficou interessado no empréstimo consignado e na antecipação do saque-aniversário? Fique por dentro do assunto acessando o nosso blog!

E não esqueça de contar com a praticidade da plataforma Na Sua Conta para contratar o seu empréstimo consignado, cartão consignado, fazer a portabilidade ou refinanciamento do empréstimo consignado, e também antecipar o seu saque-aniversário do FGTS. Vale a pena conferir e aproveitar as condições facilitadas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.