--> ?> Conheça as vantagens de juros para empréstimo consignado
Home » Taxa de juros consignado: entenda como funciona e por que é vantajosa

Taxa de juros consignado: entenda como funciona e por que é vantajosa

taxa de juros consignado

Quem procura por um dinheiro extra para pagar dívidas ou comprar algo de necessidade encontra no empréstimo consignado uma ótima alternativa. A principal vantagem dessa modalidade de crédito é justamente a taxa de juros do consignado, que é bem mais competitiva frente a outras linhas. Mas por que isso acontece? Pois o consignado dá mais garantias à instituição financeira, que pode ofertar taxas mais baixas.

Mesmo assim, se você tem interesse em contratar um empréstimo consignado, ou já possui um, é necessário entender como funciona a taxa de juros do consignado. Principalmente, para efeito de comparação entre as instituições financeiras. Para você ter uma ideia, ao encontrar taxas mais atrativas, é possível fazer até uma portabilidade do empréstimo consignado.

Neste texto vamos explicar como se faz para calcular a taxa de juros do consignado, ou taxas empréstimo

Leia também: Qual o significado de consignado? Saiba tudo sobre esse tipo de empréstimo

O que significa empréstimo consignado?

Para entender como funciona as taxas do consignado, você precisa compreender melhor as características desta modalidade de crédito. O empréstimo consignado se difere das outras linhas justamente pelas baixas taxas de juros, ou seja, o quanto as instituições financeiras vão cobrar pelo empréstimo. Quanto maior o prazo para pagar e o risco da operação, mais alta a taxa.

No empréstimo consignado, as parcelas para quitar a dívida são descontadas mensalmente do contracheque ou benefício do contratante. Com isso, as instituições financeiras tem a garantia de que o empréstimo será pago mensalmente. Assim, a taxa de juros fica bem mais atrativa.

Quem pode contratar?

O crédito consignado, por ter as taxas de juros mais baixas, é considerado mais vantajoso. No entanto, para que as instituições financeiras aprovem o crédito, é preciso que os clientes tenham como oferecer a garantia de pagamento necessário. Por isso, a lista de possíveis clientes para empréstimo consignado é um pouco limitada, como você pode ver a seguir.

  • Militares das forças armadas;
  • Trabalhadores do setor privado em regime CLT;
  • Aposentados do INSS;
  • Servidores públicos federais;
  • Servidores públicos estaduais e municipais;
  • Pensionistas da Previdência Social.

Qual é, então, a taxa de juros do consignado?

Conforme mencionamos, as taxas empréstimo consignado é a maneira da instituição financeira obter lucro no empréstimo. Ela costuma variar de acordo com o perfil do cliente e o número de parcelas. No entanto, o empréstimo consignado também é uma modalidade mais segura, tendo taxas menores e pré-fixadas.

Os beneficiários do INSS têm a taxa de juros limitada a 1,80% ao mês, enquanto a dos servidores públicos é um pouco mais elevada: 2,05% ao mês. Apesar dessa diferença, as taxas nem se comparam com a modalidade convencional, que conta com juros muito mais altos, podendo ultrapassar os 10% ao mês.

Como calcular juros consignado

Calcular juros consignado no simulador de juros consignado é bem simples e prático, além de indicado para saber qual será a taxa precisa do contrato. Para isso, basta acessar o simulador na instituição ou banco que deseja fazer empréstimo – ou, até mesmo, em uma plataforma online. Na plataforma Na Sua Conta você pode fazer essa simulação de forma online, prática e rápida, além da contratação do empréstimo.

Confira as instruções:

  • Acesse o simulador de empréstimo: o primeiro passo é escolher um simulador específico para crédito consignado;
  • Informe a renda mensal: inserir o valor da folha de pagamento (salário) ou benefício que dá direito, colocando apenas o valor líquido a receber;
  • Verifique a margem consignável: após informar o valor da folha de pagamento ou benefício, será disponibilizado o valor da margem consignável referente a renda indicada. Esse valor não será necessariamente a parcela do empréstimo, mas sim o valor máximo que o banco poderá exigir;
  • Defina o prazo de quitação para o empréstimo: informe o número de parcelas que deseja pagar o crédito. Isso determinará as taxas de juros, sendo que quanto menos parcelas, menor será o juros;
  • Veja as condições da negociação: ao finalizar todo o preenchimento da simulação, basta clicar no botão de calcular. Assim, o resultado trará informações como valor máximo disponibilizado para crédito consignado, taxa de juros, número de parcelas e total a pagar com o empréstimo.  

Há outras taxas no empréstimo consignado?

Além dos juros, todo tipo de crédito possui outras taxas envolvidas. Não é diferente no empréstimo consignado. Ou seja, ao mesmo tempo que é muito importante procurar juros baixos, também é prudente prestar atenção nas demais cobranças.

Mas, felizmente, todas essas informações devem ser repassadas aos clientes e podem ser conferidas com facilidade. Para conferir e comparar, basta observar o Custo Efetivo Total (CET).

O CET indica tudo o que o cliente vai pagar – ele é a principal forma de verificar se um determinado negócio é realmente vantajoso. Então, conforme o CET aumenta, aumenta também o valor que o cliente vai dever para a instituição financeira.

Confira algumas das taxas que podem ser verificadas no CET:

  • Taxa de juros nominal;
  • Taxa de juros efetivo;
  • IOF (Imposto Sobre Operações Financeiras);
  • TAC (Taxa de Abertura de Crédito);
  • Despesas administrativas;
  • Análise de crédito.

Taxas obrigatórias X taxas opcionais

Assim como acontece em outros tipos de operações de crédito, no empréstimo consignado também é preciso prestar atenção nas taxas. Enquanto algumas taxas são obrigatórias, outras são opcionais e podem ser evitadas.

Por exemplo: o seguro prestamista é uma das taxas opcionais que podem aparecer junto com o empréstimo consignado. Ele pode causar certa confusão pelo fato de ser obrigatório em alguns contratos, mas no empréstimo consignado não é. Avalie as taxas não obrigatórias que podem valer a pena no seu contrato.

Taxa de juros consignado: fique sempre atento!

Além de tudo isso que falamos no texto, existem diversos fatores externos que podem afetar as taxas do crédito consignado. A taxa Selic, que é a taxa básica de juros, é um exemplo, assim como o contexto do mercado (oferta e demanda). Então se você fez uma simulação e não fechou contrato ainda, saiba que as condições podem mudar a qualquer momento. 

Mas, no momento em que o contrato é firmado as taxas não mudam mais. Ou seja, o cliente que contrata um empréstimo consignado sempre sabe exatamente quanto vai pagar. Se você já decidiu pelo empréstimo consignado e entendeu as taxas envolvidas, utilize a plataforma Na Sua Conta para simular e contratar o seu!

Saiba mais: Como fazer refinanciamento do consignado e quanto tempo demora?

Esperamos que você tenha entendido melhor as taxas do empréstimo consignado. Se você conhece alguém que tem dúvidas sobre as taxas, compartilhe este artigo!

E fique por dentro das novidades sobre empréstimos aqui no blog!

1 comentário em “Taxa de juros consignado: entenda como funciona e por que é vantajosa”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.