Cartão de Crédito
Consignado

Sem anuidade e com um pacote de benefícios especial para você

Vantagens do Cartão de Crédito Consignado

Juros mais baixos que os cartões convencionais
Em média 4% ao mês (enquanto o convencional tem média superior a 13%)

Estou no vermelho, posso contratar?
Sim! Clientes negativados (no vermelho) também podem contratar o serviço

Pagamento automático do valor mínimo da fatura
O valor mínimo da fatura vem descontado da folha de pagamento dos clientes

Zero anuidade
Nosso cartão é zero anuidade e aqui você conta com inúmeros benefícios

Cadastre-se agora em nossa lista de espera!

Estamos preparando o lançamento de nossas ofertas de crédito consignado, que chegarão para inovar esse mercado e permitir que mais pessoas tenham acesso a crédito, realizem seus sonhos e organizem suas vidas. A contratação será simples, rápida e diretamente pelo nosso site ou aplicativo, você poderá fazer de casa 😉

Quer receber essas oportunidades exclusivas? Cadastre-se em nossa lista de espera e entraremos em contato em breve.

O que posso fazer com meu cartão consignado?

Com o cartão de crédito consignado é possível fazer tudo o que se faz com um cartão convencional. No dia a dia do cliente, o uso do cartão é igual. 

Ou seja, você pode usar para fazer compras de forma presencial em estabelecimentos, fazer saques, contratar serviços ou fazer pagamentos pela internet.

Quem pode ter o cartão consignado?

Aposentados do INSS;

Militares das forças armadas;

Trabalhadores do setor privado em regime CLT;

Servidores públicos federais (SIAPE);

Servidores públicos estaduais e municipais;

Pensionistas da Previdência Social.

foto quem pode 1

Conheça mais serviços que cabem nasuaconta

Antecipação do saque-aniversário

FGTS na conta, sem pagamento de parcela mensal

Empréstimo consignado

Acesse as melhores taxas de juros do mercado​

Portabilidade de consignado

Traga o seu empréstimo e conte com benefícios nasuaconta

Tire suas dúvidas sobre o Cartão de Crédito Consignado

O cartão consignado é um tipo de cartão que, na prática, faz pagamentos da mesma forma que um cartão comum. Ou seja, pode ser usado tanto presencialmente quanto pela internet. Depois de realizar os pagamentos com o cartão, é preciso pagar a fatura com os valores do que usou.
Entre as principais diferenças está a taxa de juros, que é bem mais baixa que a dos cartões convencionais. Além disso, o cartão também conta com o pagamento automático do valor mínimo da fatura.

O cartão de crédito consignado funciona de forma muito parecida com o cartão de crédito comum. O principal detalhe para prestar atenção é o pagamento automático do valor mínimo. Todos os meses o valor mínimo da fatura vem descontado da folha de pagamento dos clientes. Entretanto, o restante do valor da fatura deve ser pago normalmente (com boleto, por exemplo).

Esse valor mínimo tem um limite que é definido anteriormente, que funciona como um teto de gastos. Ele é equivalente a 5% da renda líquida mensal do cliente. Mas, naturalmente, o valor total que pode ser gasto no cartão é muito superior a isso.

O crédito consignado, independente de ser empréstimo ou cartão, é limitado a alguns grupos. São pessoas que recebem seus pagamentos de instituições que são conveniadas às instituições financeiras que liberam o crédito. 

Apesar de não estar disponível para todas as pessoas, os grupos de possíveis clientes são relativamente grandes, como você pode conferir na lista a seguir.

Servidores públicos – pessoas que trabalham a serviço da administração pública, independente de ser na esfera municipal, estadual ou federal (SIAPE).

Aposentados do INSS – pessoas que já contribuíram com o sistema previdenciário durante algum tempo e que hoje recebem a aposentadoria, um benefício da Previdência Social.

Pensionistas da Previdência Social – pessoas que recebem pensões, o que geralmente acontece com dependentes de alguém que recebia aposentadoria.

Trabalhadores do setor privado em regime CLT – pessoas que possuem carteira assinada. Mas desde que a empresa empregadora tenha algum convênio com a instituição financeira que oferece o cartão de crédito.

Militares das forças armadas – pessoas que fazem parte das forças armadas, como a Marinha, o Exército e a Aeronáutica.

Não. Apenas no empréstimo consignado o mesmo cliente pode ter múltiplos contratos. Já no caso do cartão de crédito consignado, cada pessoa pode ter apenas um. Esse limite é regulado pelo número do CPF do cliente.

O limite do cartão de crédito consignado costuma ser 25 vezes o valor da margem consignável do cartão.
A margem consignável do cartão é limitada a 5% da renda líquida. Portanto, é possível concluir que o limite do cartão, de maneira geral, será superior à renda mensal do cliente.
Por exemplo: Se um cliente tem aposentadoria de R$ 8 mil, sua margem consignável de 5% será equivalente a R$ 400,00. Logo, o limite do cartão será próximo de R$ 10 mil.

Com o cartão de crédito consignado é possível fazer tudo o que se faz com um cartão convencional. No dia a dia do cliente, o uso do cartão é igual. 

Ou seja, você pode usar para fazer compras de forma presencial em estabelecimentos, fazer saques, contratar serviços ou fazer pagamentos pela internet.

Existem várias diferenças entre o cartão tradicional e o cartão de crédito consignado. Alguns exemplos são:

  • Possibilidade de ser contratado por quem está negativado;
  • Prazos maiores para o pagamento;
  • Pagamento automático do mínimo da fatura;
  • Taxa de juros muito mais baixa.

Independentemente de ser consignado, cartão de crédito e empréstimo são duas formas diferentes de ter acesso a crédito.
No empréstimo, primeiro você tem acesso ao valor contratado.

Depois, ao longo de vários meses, vai quitando a dívida. No caso do empréstimo consignado, as parcelas são sempre no mesmo valor. Além disso, o pagamento acontece de forma automática, ou seja, o cliente não precisa fazer nada, pois a parcela do pagamento do empréstimo é descontada todos os meses da folha de pagamento.

Por outro lado, o cartão de crédito não tem valor fixo. Com ele, você faz compras e pagamentos todos os meses e, depois, é gerada uma fatura referente aos seus gastos. Diferentemente do empréstimo, no caso do cartão de crédito consignado apenas o valor mínimo é descontado todos os meses. Para o restante da fatura, o cliente deve realizar o pagamento da mesma forma que faria com um cartão convencional.

Além disso, outra diferença entre o cartão de crédito consignado e o empréstimo consignado está na margem consignável. Enquanto a margem liberada para o empréstimo é de até 35% da renda líquida mensal, a margem do cartão de crédito consignado é de apenas 5% da renda. Mas vale lembrar que esses 5% são equivalentes ao valor mínimo da fatura. Ou seja, é possível gastar muito mais do que isso no cartão.

Sim, pode. Afinal, a margem consignável é diferente para cada modalidade de crédito.

O cartão de crédito pode comprometer até 5% da renda mensal líquida do cliente. Esse é o limite do pagamento do mínimo da fatura.

Já o empréstimo pode usar até 35% da renda mensal líquida. Esse valor costumava ser de 30%, mas foi alterado em 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus.

Sim, pode. Isso porque a margem consignável do cartão de crédito não se mistura com a margem de empréstimos. Cada modalidade de crédito tem o seu próprio limite.

A lógica se mantém quando se pensa no contrário: cancelar um cartão de crédito não vai aumentar a margem para empréstimo.

Na prática, o saque com o cartão de crédito consignado funciona como uma mistura de empréstimo com pagamento.
Como pagamento, porque o valor do saque é descontado do limite do cartão. Além disso, é necessário pagar por esse saque mais tarde, na fatura do cartão.
Também funciona como um empréstimo, porque você pode ter acesso ao dinheiro para fazer o que quiser. O dinheiro fica disponível da maneira que o cliente escolher: em espécie ou na conta.

As taxas de juros do cartão consignado são as menores do mercado.
Enquanto os cartões tradicionais têm taxas médias de aproximadamente 13%, o cartão de crédito consignado tem juros de aproximadamente 4%.

Enquanto o prazo médio para o pagamento dos cartões normais é de pouco mais de um mês (aproximadamente 35 dias), o prazo médio para pagamento do cartão consignado pode chegar a 50 dias.
O prazo para parcelamento das dívidas do cartão de crédito consignado também é bem superior aos prazos dos cartões normais.
As regras específicas podem, naturalmente, variar de acordo com cada convênio e com cada instituição financeira. Mas é possível negociar os pagamentos em até 84 vezes.

O pagamento da fatura do cartão de crédito consignado é dividido em duas etapas.
Primeiramente, acontece o desconto do valor mínimo da fatura de forma automática. Esse desconto em folha é limitado a 5% da renda mensal líquida de cada cliente.
Depois, o cliente pode efetuar o pagamento do restante da fatura da mesma forma que faria com qualquer outro cartão.
Se por acaso o cliente não pagar o valor total da fatura, o que faltar acumula para o mês seguinte com taxas de juros muito mais baixas do que os cartões convencionais cobram.

O cartão de crédito consignado tem algumas excelentes vantagens quando comparado ao cartão de crédito comum. Acompanhe a lista a seguir para entender.

Juros mais baixos – em média 4% ao mês (enquanto o convencional tem média superior a 13%);

Clientes negativados (no vermelho) também podem contratar;

Pagamento automático do valor mínimo da fatura;

Sem anuidade (não é regra, mas na maioria dos bancos é assim);

Prazo de parcelamento muito maior – até 7 ou 8 anos.

Defendemos a educação financeira como caminho para a independência 😉

Para se manter atualizado e aprender mais sobre como cuidar do seu dinheiro, acompanhe nosso blog